O Vento me disse... #66 - A Distância que nos separa - Kasie West


A Distância que nos separa
Autora: Kasie West
N° de páginas: 240
Editora: Verus 
Ano: 2017
Skoob: Aqui
Comprar: Aqui
Caymen Meyers aprendeu desde cedo a não confiar nos ricos. E, depois de anos observando-os, ela tem certeza de que eles são bons em apenas uma coisa: gastar dinheiro em inutilidades, como as bonecas de porcelana da loja de sua mãe. Assim, quando Xander Spence entra na loja, basta um único olhar para Caymen perceber que ele tem muita grana. Apesar de ele ser um fofo e entendê-la como ninguém, Caymen é esperta e sabe que o interesse de Xander não vai durar. Porque, se tem algo que ela aprendeu com a mãe, é que caras ricos vão inevitavelmente partir o seu coração. Mason, o cantor de rock tatuado — e classe média —, tem muito mais a ver com ela, certo? Então por que ela não consegue tirar Xander da cabeça? Quando a amizade e a lealdade de Xander estão prestes a convencer Caymen de que ser rico não é uma falha de caráter, ela descobre que o dinheiro tem um papel muito maior no relacionamento dos dois do que ela poderia imaginar. Será que Caymen vai arriscar ter o coração partido para encontrar o seu verdadeiro amor?


Caymen vive com sua mãe e trabalha na pequena loja da família - uma loja de bonecas de porcelana. Apesar de jovem e de não gostar da atmosfera da loja, ela sabe que é de onde vem o seu sustento e por isso sua vida gira em torno da mesma. Assim, Caymen não sai muito, não tem grandes encontros, ajusta suas poucas saídas para um horário que não prejudique o funcionamento da loja e, apesar de tudo ainda vive em meio a grandes dificuldades já que o orçamento da loja não vai bem e as contas estão no vermelho. Enquanto isso, Xander é um jovem que se sente pressionado a seguir os rumos que a sua família impõe e, mesmo não sabendo se quer seguir com a carreira e de ter uma relação não muito boa com o pai, acaba seguindo o que o destino lhe proporciona.

Num belo dia, Xander vai a loja de Cayman pegar uma boneca que sua avó lhe encomendou e acaba conhecendo a garota de grande "sarcasmo". E apesar de aparentarem serem totalmente diferentes - ele todo arrumado com suas roupas chiques e ela com suas roupas de brechós - acaba surgindo um amizade inesperada entre eles, oriundas de seus desejos e anseios do que vai acontecer no futuro.

A Obra e suas capas - Os 13 porquês




Depois de tanto tempo sem uma postagem desse tipo no blog, aqui está a postagem sobre as capas pelo mundo. O livro escolhido foi um que pretendo ler, 'Os 13 porquês' da Jay Asher. O livro parece ser bem tocante e possui uma enorme variedade de capas, totalmente diferentes. Confira:


BRASIL


ALEMANHA
BULGÁRIA
CORÉIA DO SUL







A primeira capa é uma das últimas versões do livro na Alemanha. E apesar das três estarem ok para mim, a que mais gostei foi a versão da Bulgária.

DINAMARCA
ESTÔNIA
ESLOVÊNIA




















A capa da Dinamarca também se repete na versão espanhola e da Noruega, por esse motivo decidi não colocar aqui. Para mim, ela é uma das mais bonitas.

O Fim de uma era: Harlequin Books comunica fim de romances de banca no Brasil


O fim de uma era!


No início desta semana, a Harlequin Books Brasil comunicou uma notícia que deixaram algumas leitoras - eu inclusive - bem tristes. A partir deste mês, a editora não lançará mais livros de banca. 

A notícia não foi totalmente uma surpresa já que a editora dava indícios que isso aconteceria, inclusive ja vem lançando livros de livraria algum tempo. Mesmo assim, não deixa de ser uma notícia triste para aquelas que adoravam ter seus romances favoritos impressos.

Quotes da Semana - O Segredo de Emma Corrigan



Os quotes dessa semana foram tirados de um livro divertido, engraçado e muito bom de se ler. O Segredo de Emma Corrigan foi uma grata surpresa que tive o prazer de cruzar e de compartilhar com você. 

O Vento me disse... #65 - Marca da Escuridão - Sylvia Day


Marca da Escuridão
Autora: Sylvia Day
N° de páginas: 280
Editora: Faro Editorial
Ano: 2015
Série: Marked #01
Skoob: Aqui
Comprar: Aqui
Amaldiçoada por Deus, caçada por demônios, desejada por Caim e Abel…Tudo isso em um dia normal de trabalho…Anos atrás, Evangeline teve uma incrível noite de amor com um homem misterioso que ela nunca mais conseguiria esquecer. Mas aquele momento de prazer tornou-se um desastre de proporções bíblicas: ela recebera a Marca de Caim. Empurrada para um mundo em que pecadores são marcados e transformados em assassinos de demônios, ela tem agora Caim como protetor e Abel como seu novo chefe, que também fica loucamente atraído por ela. Eva torna-se então o novo e explosivo ponto de discórdia, no caso mais antigo de rivalidade entre irmãos.


Senti uma sensação de déjà vu quando vi Evangeline - ou simplesmente Eva - entrar na Gadara Tower para uma entrevista de emprego. Sensação essa, causada por leituras eróticas feitas por mim anteriormente e que possuíam este ponto comum - sendo Toda Sua da própria Sylvia um exemplo. É claro que a sensação parou por ai tendo em vista que Marcas da escuridão, da americana Sylvia Day, vai além do erótico e se aventura na fantasia; mostrando um mundo vivenciado por humanos, anjos e demoníacos.

A história começa com Eva já em ação depois de ser marcada e de cara vemos as suas dificuldades em se adaptar à sua nova vida, a de amaldiçoada a ser caça e caçadora de demoníacos. Depois deste pequeno interlúdio voltamos ao dia em que ela foi marcada por Reed Abel e posteriormente por Alec Caim, um homem misterioso que fez parte do seu passado e que está de volta para ser o seu parceiro, protetor e tutor. Pelos nomes dos personagens principais - Eva, Caim e Abel - dá para se notar que a autora usa os personagens históricos/religiosos, Caim e Abel, em sua trama. E assim como no livro religioso, os irmãos portam certo antagonismo agravados aqui, pela ligação de ambos com Eva; sendo Abel o chefe e responsável por designar as missões da protagonista e Caim o responsável por ensiná-la a sobreviver a esse mundo totalmente louco.